Tambien O Globo de Brasil compró la carne podrida sobre la muerte de Leila al-Ghandour titulando “Bebê palestino morre intoxicado por gás lacrimogêneo em Gaza – Leila, de 8 meses, se soma às dezenas de mortos em protestos árabes contra Israel”. Sin embargo… a diferencia de otros, aquí se preguntan: “A família responsabiliza o Exército israelense, mas tem dificuldades em explicar por que o bebê estava na fronteira. Milhares se reuniram na região, mas poucos tentaram se aproximar da fronteira. O bebê faleceu após inalar gás lacrimogêneo, temporariamente doloroso para os adultos e potencialmente letal para as crianças”. Poco mejor…